Vereadora Maria Leticia apresenta novo texto para criação do Crematório Municipal



Tramita, na Câmara de Curitiba, projeto da vereadora Maria Letícia Fagundes (PV) que determina a criação de um Crematório Público Municipal. A parlamentar sugere que o novo equipamento público funcione dentro do futuro Cemitério Municipal Zona Sul, cujas obras de implantação já começaram (005.00200.2017). O projeto altera a lei municipal 6.419/2013, que institui a prática de cremação de cadáveres e incineração de restos mortais no município.
 
Na justificativa do projeto, a vereadora argumenta que Curitiba está com a capacidade de seus cemitérios esgotada. O último a ser inaugurado foi o do bairro Santa Cândida, em 1957, quando a cidade tinha 360 mil habitantes. “Curitiba já iniciou as obras do Cemitério Municipal Zona Sul, com uma área de 44,5 mil metros quadrados, no bairro do Umbará, para a construção de um novo cemitério municipal na região Sul da cidade, porém este novo cemitério não resolve o problema”.
 
Maria Letícia argumenta que problemas de espaço e ambientais têm estimulado cidades em todo o mundo a adotar a cremação. “A criação de um Crematório Público Municipal é uma solução que pode ser implantada com maior rapidez e que trará mais opções aos familiares enlutados”, diz. O texto salienta que a cremação será voluntária “e dependerá da vontade do falecido ou de seus familiares, respeitando-se assim o credo e a vontade do indivíduo”.

Texto:         João Cândido Martins - CMC
Revisão:         José Lazaro Jr - CMC

Foto Vereadora Maria Leticia: Chico Camargo - CMC

Foto Crematório: Rodrigo Fonseca - CMC