Vereadora Maria Leticia incentiva estudantes de medicina a participarem da política



A vereadora Maria Leticia Fagundes (PV) participou, nesta sexta-feira (06), do debate sobre "Medicina e Política, por que não falamos sobre isso?",  no III Congresso de Estudantes de Medicina na PUC -PR.

Maria Leticia, que é a única médica entre os 38 vereadores e a primeira mulher eleita pelo Partido Verde na Câmara Municipal de Curitiba,  iniciou a participação no III CEMED explicando a necessidade “urgente” da participação dos médicos e dos futuros médicos na política.

“Aqui (na universidade) certamente começa um grande movimento político, pois as cabeças estão pensando”, disse Maria Leticia. Ela aproximou os estudantes da realidade vivida na Câmara de Vereadores. “A  prática da política não é intelectualizada ou questionadora, é uma prática de prestação de serviços”, alertou.

Ela ainda fez uma crítica sobre a atenção dos parlamentares em relação às políticas de saúde. “Trabalho para levar debates e temas atuais para Casa Legislativa, mas estou sozinha, é pouco somente uma médica no parlamento curitibano”, reforçou.

A vereadora também destacou  que as pessoas precisam “se despir dos preconceitos contra política e contra os políticos”.  Ela justificou a opinião citando o exemplo de quem afirma que não gosta de política. “Isso nos vitimiza como cidadãos porque ficamos distantes da política, e quem tem mandato permanece no comando”, concluiu.

O debate ainda teve a participação da Dra. Carolina Baggio Emerenciano (Professora do Departamento Universitário da Universidade Federal do Paraná - UFPR) e do Matheus Gama dos Santos (Direção Executiva Nacional dos Estudantes de Medicina - DENEM).